hreflang no WordPress

As tags hreflang são essenciais para indicar ao navegador e aos mecanismos de busca, o idioma em que o conteúdo da página da web está.

Por isso que é importante adicionar tags hreflang no WordPress.

Por que e quando você tem que usar tags hreflang?

As tags hreflang sobretudo indicam aos mecanismos de busca o idioma em que cada página é criada, para que eles saibam em que idioma indexar seus conteúdos.

Portanto, é especialmente importante incluí-las quando você tem conteúdo semelhante em seu site em vários idiomas, indicando no cabeçalho de cada página em que idioma está o conteúdo.

É especialmente importante em sites (além de lojas online), com conteúdo destinado a usuários de diferentes países ou regiões com diferentes idiomas.

Como são utilizadas as tags hreflang?

Basicamente, existem 3 possíveis variações:

  • Conteúdo com variações regionais, como pt-BR ou pr-PT;
  • Conteúdo em diferentes idiomas, com en, es e fr;
  • Uma combinação de diferentes idiomas e variações regionais.

Eu suponho que você já entendeu que os atributos hreflang indicam ao Google a disponibilidade de conteúdo traduzido ou local.

O passo seguinte é criar uma estrutura de links que reflita essas variações/versões do seu conteúdo.

Para explicar de forma simples, é necessário dizer aos mecanismos de busca que o conteúdo B é equivalente ao conteúdo A, mas em outro idioma. Isto é feito com as tags hreflang.

Mas isso também implica que deve haver uma correlação, porque uma tag hreflang não aparece sozinha. Se o conteúdo B tiver um link para o conteúdo A, como sua tradução, o conteúdo A também deve vincular ao conteúdo B, novamente como sua tradução.

Eles devem estar todos unidos, não apenas em certo sentido.

Assim, se temos conteúdo em português, inglês e francês, a versão em português tem que se conectar às versões em inglês e francês, e cada tradução para as demais.

O fato de oferecer o conteúdo em vários idiomas e/ou orientados para diferentes locais é irrelevante se você faz isso a partir de um mesmo domínio, subdomínios ou domínios diferentes,. O importante é a correlação de links entre eles.

As tags hreflang e SEO

Existem basicamente dois benefícios para SEO das tags hreflang:

  • Otimizar para o usuário;
  • Evitar penalidades por conteúdo duplicado

Otimizar para o usuário

O primeiro e o mais importante é que se você tiver uma versão de uma página otimizada para o idioma e a localização de seus usuários você quer que eles atinjam essa página, certo?

Portanto, estabelecer o idioma e a localização do conteúdo melhora a experiência do usuário e faz com que menos visitantes aumentem sua taxa de rejeição de volta aos resultados do mecanismo de busca, encontrando informações em outro idioma que o deles.

Você sabe que quanto menos as pessoas retornarem ao mecanismo de busca, melhor será a sua pontuação no mecanismo de busca, não é?

Evitar penalidades por conteúdo duplicado

O segundo benefício é que a tag hreflang impede problemas de conteúdo duplicados.

Se, por exemplo, você tiver o mesmo conteúdo em português, mas com URLs diferentes para o seu público, digamos, do Brasil e de Portugal, a diferença entre essas páginas pode ser muito pequena.

E o Google talvez não entenda o que está fazendo e pense que é um conteúdo duplicado.

Com as tags hreflang, você deixa claro para o Google que é (quase) o mesmo conteúdo, mas adaptado a um público diferente, neste caso, e pequenas variações linguísticas.

Quando um usuário realiza uma busca, o Google executa esse processo:

  • Determina que deseja exibir uma URL;
  • Verifica se a URL possui atributos hreflang;
  • Mostra ao usuário os resultados com a URL mais apropriada para ele.

E o que determina a URL mais adequada para o usuário é a localização atual e suas configurações de idioma.

E, como um usuário pode ter vários idiomas nas configurações do seu navegador, como português e inglês, a ordem em que esses idiomas aparecem nas configurações também determina a URL que é mais adequada para ele nos resultados.

Usar ou não hreflang no WordPress?

Acho que você deveria usar o hreflang se …

  • Você tem conteúdo em vários idiomas.;
  • Você tem conteúdo orientado para diferentes locais geográficos, mesmo que eles tenham o mesmo idioma.

Como adicionar as tags hreflang manualmente

O método mais básico e tradicional é adicioná-las ao código do cabeçalho, nas tags <head> com esta estrutura:

<link rel="canonical" href="http://dominio.com.br/">
<link rel="alternate" href="http://dominio.com.br/" 
 hreflang="pt" />
<link rel="alternate" href="http://dominio.com.br/fr/" 
 hreflang="fr" />
<link rel="alternate" href="http://dominio.com.br/en/" 
 hreflang="en" />

E a mesma estrutura, para manter as correlações que mencionei acima, no cabeçalho de cada idioma/local, de modo que:

<link rel="canonical" href="http://dominio.com.br/">
<link rel="alternate" href="http://dominio.com.br/" 
 hreflang="pt" />
<link rel="alternate" href="http://dominio.com.br/fr/" 
 hreflang="fr" />
<link rel="alternate" href="http://dominio.com.br/en/" 
 hreflang="en" />

Mas, certamente, você não quer fazer isso à mão, não é? Por isso, usamos o WordPress.

hreflang x-default

No caso de as configurações do navegador de um usuário ter um idioma/local para o qual você não tenha conteúdo especificado, existe um valor chamado x-default que especifica qual URL enviar.

Seria assim:

<link rel="alternate" href="http://dominio.com.br/" 
 hreflang="x-default" />

Está projetado para páginas internacionais, por exemplo, a matriz web de uma multinacional, e seria a URL a enviar para qualquer usuário para quem você não possui conteúdo para seu idioma ou local.

Como adicionar tags hreflang no WordPress

Sim, no WordPress é muito fácil adicioná-las, dinamicamente; porque você não quer ter que adicioná-las manualmente. E, além disso, não vai querer adicionar toda vez que criar um novo conteúdo em vários idiomas/locais.

Para isso, temos plugins. E os principais são estes:

WPML
O WPML é um plugin profissional para sites multilíngues incorpora o gerenciamento de tags hreflang. Para gerá-las, você só precisa se certificar de que em suas configurações você tenha a caixa de seleção correspondente.

Basta ir ao menu de administração do WPML > Idiomas e, na seção chamada “Opções de SEO”, verifique se você possui a opção ativa para mostrar as alternativas de idioma no cabeçalho. Eu recomendo que você no menu suspenso, escolha a opção “o mais cedo possível”.

PolyLang
O PolyLang é um plugin multilíngue, no qual você pode adicionar automaticamente as tags hreflang facilmente. Você só precisa adicionar os idiomas em que estarão seus conteúdos e, quando esses conteúdos existirem, adicione o código ISO 639-1 correspondente.

HREFLANGS Tags Lite
O objetivo do plugin HREFLANGS Tags Lite é exatamente o que procuramos: adicionar as tags hreflang ao seu conteúdo em vários idiomas ou locais.

A operação é muito simples. Primeiro você estabelece em suas configurações para qual tipo de conteúdo estará disponível.

Depois de salvar as alterações, você verá no editor dos tipos de conteúdo que você ativou uma nova caixa meta na qual deve criar os atributos hreflang para o idioma em que esse conteúdo está (ao publicá-lo). O plugin vai gerar as tags hreflang correspondentes no cabeçalho.

Devo adicionar hreflang no WordPress se eu tiver apenas conteúdo em um idioma?

Não, não é necessário. Mesmo que você veja um aviso no Google Search Console, nada acontecerá. Não tenha medo.

Se preferir, você só precisa especificar o país de destino do seu conteúdo na seção “Segmentação Internacional”.

Talvez você goste de

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *